Tutorial

por Abilio Godoy

Bem-vindo, asceta, ao nosso tutorial. Aqui você encontra as informações necessárias à sua iniciação. Sim, aceitamos fiéis provenientes de todos os credos. A nossa é uma religião da forma e não há incompatibilidade de conteúdos. Você pode ser católico, por exemplo, desde que a sólida tradição da sua Igreja encha você de um orgulho histórico que o remeta aos tempos de Leão, o grande. Por outro lado, se for evangélico ou muçulmano, sugerimos uma implacável cruzada de intolerância contra tudo que divergir das leis antigas. Ignore o que elas disserem sobre mulas e camelos – essa parte ficou obsoleta – mas considere todo o resto em perfeita sincronia com o mundo atual. Agora, se for espírita, você pode sorrir com condescendência desses dogmas menos evoluídos enquanto lê a cartinha de um parente defunto.

Também é possível ser ateu, desde que por isso você despreze o crente mais do que o credo, desde que você se considere um iluminado e o seu suposto ceticismo, no fim das contas, atire no próprio dedão do pé. São bem vindos os extremistas islâmicos, os hipsters umbandistas, os executivos budistas, os cínicos judeus e toda sorte de agnósticos acadêmicos. O essencial é que, no céu ou na terra, o segurança do seu paraíso só deixe entrar os seus trutas.

Ademais, nós da Igreja do Narcisismo Definitivo estamos abertos a qualquer procedência política. Você pode ser de esquerda ou de direita, neoliberal ou comunista, evangélico ou feminista, punk ou skinhead, fascista ou anarquista. O fundamental é que seja arrogante, autoritário e violento.

O nosso código de conduta é simples. Exige que você grite, mas não discuta: toda essa gente estúpida que discorda de você não merece os seus argumentos. A preguiça é o comportamento adequado, afinal você já atingiu o nirvana e repensar qualquer coisa a esta altura seria um desperdício imperdoável de energia. Em caso de dúvida, apresse-se em julgar e evite ponderações. Lembre-se de que o mundo sempre pode ser divido entre a verdade óbvia e a idiotia gritante, entre o aplauso e a vaia, enfim, entre tudo aquilo que é você e tudo aquilo que são os outros.

Não prometemos a felicidade, mas garantimos a segurança do isolamento. Sozinho, você reinará no seu feudo. E, pelas janelas virtuais do seu castelo, vencerá nas redes antissociais todas as disputas cotidianas de autoafirmação.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Tutorial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s